domingo, 8 de janeiro de 2012

Encontrado na Austrália mineral que só havia na lua

 
Imagem microscópica de uma rocha com cristais veremlho-acastanhados de traquilitita, assim como o colorido e brilhante piroxénio e ainda cristais pretos, brancos e cinzentos de feldespato
Encontrado na Austrália mineral 
que só havia na lua
Um mineral raro, chamado tranquilitita, que se pensava existir só na lua, foi encontrado na Austrália. Descoberta surpreendeu cientistas, que acreditam ser possível encontrá-lo em outras partes do Mundo. 
A traquilitita havia sido encontrada, há quase 43 anos, na Lua. Foi uma das amostras de rocha trazidas pela missão norte-americana Apolo XI. Os cientistas desconheciam que podia, também, existir na Terra. 
"É incrível que a tranquilitita existiu este tempo todo nas rochas terrestres e passaram 40 anos desde que foi encontrado na lua para ser detectado", disse Birger Rasmussen, que liderou a equipa da Universidade de Curtin, na Austrália, que fez a descoberta, publicada na revista Geology. 
A tranquilitita deve o nome ao local onde foi encontrada pela equipa do Apolo XI, no Mar da Tranquilidade, na superfície lunar, em 1969. Após exames exaustivos, o mineral encontrado no Ocidente da Austrália é igual ao trazido da lua, há quase 43 anos, asseverou Rasmussen. 
A evolução da tecnologia, nos últimos anos, que permite desfazer as pedras num pó ultra-fino foi determinante para confirmar a descoberta, que começou com um acaso, quando os cientistas se encontravam "a analisar em detalhe pedaços de rocha par detectar electrões", esclareceu Rasmussen. 
O mineral, descoberto em 2009 e analisado durante dois anos para confirmar que era igual ao da lua, já foi encontrado em seis pontos da Austrália ocidental, em rochas como a dolerita, conhecida popularmente como granito negro, um dos últimos minerais que cristalizam do magma.  
Fonte: Jornal de Noticias/Portugal

Nenhum comentário: