sexta-feira, 29 de abril de 2011

Impressionante. O que sobra no mar depois do Carnaval na Bahia


Impressionante!!! O que sobra no mar depois do Carnaval na Bahia
Por Bernardo Mussi
Dez dias após o carnaval, resolvi mergulhar com dois amigos na área do Farol da Barra para confirmar a notícia de que havia uma quantidade absurda de lixo espalhada pelo fundo do mar naquela área.
Mesmo com a água um pouco suja por causa das chuvas do dia anterior, logo identificamos o local. Na verdade o lixo não estava espalhado, mas concentrado em um canal provavelmente em razão do movimento das marés. Uma cena lamentável! Eram pelo menos mil e quinhentas latinhas metálicas e garrafas plásticas. 
Da superfície o visual parecia com as imagens áreas que vemos dos blocos de carnaval durante a festa momesca. Só que ao invés de estarem pulando, dançando e se beijando ao som frenético e ensurdecedor dos trios elétricos, os foliões do fundo do mar estavam rolando de um lado para o outro numa mórbida coreografia, empurrados silenciosamente pelo balanço do mar, sem dança, sem alegria, sem vida e sem poesia. 
Assustados, decidimos não retirar o material naquele dia na esperança de tentar sensibilizar algum veículo de comunicação para fazer uma matéria com imagens subaquáticas. A intenção era compartilhar aquela agressão carnavalesca com nossa população e os donos da folia. 
Fizemos contato com pelo menos três emissoras e todas pediram que enviássemos e-mails com fotos, o que fizemos imediatamente. Aguardamos respostas por dois dias e como não tivemos qualquer retorno, optamos por retirar o lixão de lá para evitar maiores danos. 
A bem da verdade estávamos super desconfortáveis com nossas consciências por termos testemunhado aquela cena e deixado para resolver o problema dias após. Mas tínhamos que tentar a matéria para que a ação não se resumisse somente à coleta do material. 
Tínhamos em mente que a repercussão sensibilizaria os empresários e artistas do carnaval, os órgão públicos, a imprensa, as empresas financiadoras e nossa gente. A tentativa foi boa, mas não rolou… 
Fomos então, no terceiro dia após o primeiro mergulho, retirar o material. Antes, porém, fiz questão de chamar um amigo que tem uma caixa estanque para filmarmos a ação e guardarmos o documentário visando trabalhos futuros e até mesmo a matéria que queríamos na TV. 
Sem cilindro de ar e contando apenas com duas pranchas de SUP (Stand Up Paddle) e alguns sacos grandes, éramos quatro mergulhadores ousados retirando do fundo do mar tudo o que podíamos naquela tarde. 
Pouco antes de o sol se pôr conseguimos finalmente colocar todo o lixo na calçada.
Muitos curiosos, inclusive turistas, olhavam intrigados a nossa atitude e a todo o instante nos questionavam sobre a origem daquele resíduo. A resposta estava na ponta da língua: Carnaval!
Vou logo informando aos amigos leitores que não sou contra o carnaval, muito pelo contrário, sou fã por diversos motivos, mas acho que a realidade da festa não guarda a menor relação com as belíssimas cenas, as informações rasgadas de elogios e a excessiva euforia amplamente divulgada pela mídia.
Sei que o comprometimento com os patrocinadores e aquela velha guerrinha de vaidades contra os carnavais de outros estados como Pernambuco e Rio de Janeiro, acabam conspirando para isso. Mas vejo aí um modelo cansado, super dimensionado, sem inovações socialmente positivas e remando na direção oposta ao desenvolvimento sustentável da nossa cidade. 
Aquele lixo submarino é um pequeno sinal deste retrocesso. Pior, patrocinado solidariamente pelos grandes empresários, artistas e principalmente pelo poder público que tem o dever de melhorar nossa segurança, nossa saúde e educação.
Aproveito o embalo para incluir indignação semelhante sobre os eventos realizados na praia do Porto da Barra durante o verão.
O “Música no Porto” e o “Espicha Verão” não tem trazido nada de bom para nossa cidade, além da oportunidade de vermos ótimos artistas de perto e de graça. De resto, o lixo, o mau cheiro, a degradação ambiental, o xixi pelas ruas, a impressionante quantidade de ambulantes amontoados por todos os espaços públicos e a agressão aos patrimônios históricos, são um grande “pé na bunda” do turista de qualidade.
É o mesmo que olhar para uma bela maçã com a casca brilhante e aspecto suculento, porém, apodrecida por dentro.
Naquele final de tarde acabamos contemplando um por do sol diferente. O monte de lixo empilhado na calçada do Farol da Barra virou atração. E como Deus é grande, fomos brindados com a presença de valorosos catadores de rua para finalizar a limpeza. 
Desta ação, além das ótimas imagens documentadas em vídeo, resta rezar para que os donos do carnaval, dos eventos no Porto da Barra e nossos queridos foliões se toquem que algo tem que mudar. 
O fundo do mar não merece aquele bloco reluzente e, ao contrário do asfalto, o oceano costuma revidar violentamente as agressões sofridas.
Não tem alegria alguma no fundo da folia! 
Galera vamos divulgar isso... principalmente para os nossos amigos baianos.
Fonte: REDE Os Verdes/via e-mail
Imagens, Click aqui 

18 comentários:

Cristiano Willian disse...

Ola sou o dono do DONDRAS Mudei o nome para PORTAL NEXUS E QUERIA QUE VC TRCASSE O BANNER
entra ai e copia o codigo
http://portalnexus.blogspot.com
desculpe-me o link tava errado ja arrumei pode passar lae pegar o codigo ou adcionar esse lnk no banner>> http://portalnexus.blogspot.com

Meldels disse...

Imagine quando é Reveillon (sei la como que escreve) quando de lixo de oferendas nao fica debaixo dagua

Hedigar disse...

DONDRAS ESTÁ DE VOLTA!!!!!!

QUERIA CONVIDA-LO A DIVULGAR SEUS LINKS NO DONDRAS CLICANDO

AQUI


E A FAZEREM UMA VISITA CLICANDO

AQUI


DONDRAS.BLOGSPOT.COM

E AUMENTE SUAS VISITAS!!!!!!!!!!

E SIGA O DONDRA NO TWITTER

@D0NDRAS

www.loja.cc disse...

Olá adorei teu blog, Parabéns. Fique a vontade para visitar o nosso “Noelia Sirlene - Dicas & Curiosidades” e seja um seguidor especial.

www.noelia.com.br
www.noelia.com.br
www.noelia.com.br
www.noelia.com.br
www.noelia.com.br
www.noelia.com.br
www.noelia.com.br
www.noelia.com.br
www.noelia.com.br
www.noelia.com.br

tiranada disse...

Vídeo e foto de osama bin laden morto e http://www.tiranada.com.br/sera-foto-de-osama-bin-laden-morto/

Mariana Laffitte disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Mariana Laffitte disse...

Que realida mais triste, infelizmente esse é sim o resultado do carnaval, as pessoas bebem, dançam e não estão nem ai para nada, coitad dos animais aquaticos que não tem culpa e sofrem, morrem por ingerirem lixo pensando ser alimento, tudo porque certas pessoas não tem consciencia de nada, e o governo? não faz porcaria nenhuma para evitar. Eh pais de m.... Parabéns a vocês por essa iniciativa, ahh se todo mundo fosse assim...

Faz tudo em casa... disse...

Carambola... a realidade nua e crua da educação e do sistema desse país que a cada dia tenho mais certeza de estar vivendo um sistema "DITATORIAL"
---ABAIXO A DITADURA---

E antes que os burraldos de plantao digam nao, revejam oque é feito nesse pais... estou atonito.

Parabens a voce e sua turma pelo belo trabalho... e nao adianta pedir, cobrar ou tentar, pois a ditadura manda que quem tem dinheiro manda e quem nao tem obedeçe!

Pena que nao teve repercusão na midia.

Dica:
Da proxima vez(infelizmente vai ter outras) ligue para as duas maiores concorrentes(emissoras) e pra uma diga que a outra ja esta indo lá e vc gosta mais dessa, depois faz o mesmo com a outra.

São duas *ostas, mas pelo menos teria passado na midia...

Parabens...

anny81 disse...

Linda a sua atitude! Parabéns! Qdo vou a praia, sempre tomo o máximo cuidado para não sujar o meio ambiente... infelizmente ainda existe um povão ignorante que está pouco se lixando para a natureza...

thiagologistica2010 disse...

Sou de Salvador tbm cara, e com certeza não são todos que jogam lixo no mar, mas em todos os lugares existem os Porcos! Gostei da matéria.

Wilsinho Venezes disse...

Conheça o Linkador Plufty! Envie seus links e tenha centenas de visitas em seu Blog!

http://www.plufty.com

giordano disse...

Tem que ver isso ae....

Donner disse...

Nossa parabéns mesmo pela iniciativa!!

Maíra disse...

Nossa, realmente impressionante e revoltante....q horror...

(ps.: mudem ou a cor da fonte dos comentarios, ou a cor do fundo, por que nao da pra ler nada!)

Mandy disse...

A profunda poluição após o carnaval é resultado do absurdo desinteresse por parte dos patrocinadores do carnaval que não tem um planejamento do que fazer com os resíduos de seus produtos. São centenas de latas de cerveja e garrafas de água. Junto a isso, vem a falta de educação do povo brasileiro, e mais ainda do baiano, que joga o lixo em qualquer lugar, além de fazer as suas necessidades na rua deixando um fedor impregnado em tudo que é lugar. As latas e garrafas podem ser recicladas, basta que algum órgão competente e inteligente e alguma empresa consciente, desenvolva e patrocine o projeto. Isso vai demorar muito pra acontecer e talvez nunca aconteça, mas que tal enquanto isso fazermos a nossa parte? Jogar lixo no lixo é uma questão de educação e consciencia ambiental.

Ana disse...

Prezados Colegas,
Esta reportagem foi feita por Bernardo Mussi, as fotos pegas do blog dele ou do Global Garbage (http://bbmussi.wordpress.com/page/3/). Recomendo que coloquem a autoria do trabalho, pois foram surfistas/mergulhadores baianos, a maioria moradores da Barra, que fizeram este trabalho. Sendo que os dados do Jornal A tarde mostram que mais de 70% dos soteropolitanos não participam do Carnaval, o lixo é resultado do Carnaval e os, particularmente turistas, que vem pular aqui. O trabalho foi feito o ano passado por primeira vez e Bernardo chamou no blog dele o Fundo da Folia. Foi feito com mais merulhadores este ano. Vejá-se que algumas das fotos postadas tambem são de outros eventos, tal como Praia 24 horas (que não acontece mais aqui no Porto da Barra, atraves do esforço dos moradores e o Movimento SOS Barra no Ministerio Publico Estadual http://sosbarra.blogspot.com/). Então divulguem para o mundo enteiro o que acontece en nome de uma festa momesca. Podem também nos encontrar no Facebook, onde tivemos muitas críticas, além das questões ambientais, sobre o Carnaval.

REDE Os Verdes disse...

Olá Ana, recebemos sua manifestação. Com certeza iremos colocar os créditos do trabalho. Recebemos de um colaborador importante de nosso Blog e parece que da mesma pessoa que realizou a Ação. Bom, indexamos o tema no Ocioso e tivemos mais de 12 mil visitas na postagem. Isso é muito bom para alertar sobre o problema. Nosso Blog e a REDE Os Verdes estão a disposição para publicações que indicares. Nosso e-mail é osverdestapes3@gmail.com

Muito Obrigado pela Visita e pela informação.

Saudações Verdes

Julio Wandam
GTCOM/REDE
Os Verdes de Tapes

Beatriz disse...

Vamos ensinar o povo brasileiro a cuidar da nossa riqueza começando pela educação.LIXO é na lixeira.