sábado, 4 de dezembro de 2010

NEJ-RS receberá Comenda Porto do Sol

NEJ-RS receberá Comenda Porto do Sol
No ano em que completa 20 anos de fundação e atuação no jornalismo ambiental, o Núcleo de Ecojornalistas do Rio Grande do Sul (NEJ-RS) receberá, no dia 6 de dezembro, a Comenda Porto do Sol. Instituído pela Câmara Municipal de Porto Alegre, o prêmio é destinado a instituições e pessoas de grande atuação pública nas mais variadas áreas, com destaque para a educação e o meio ambiente.
 O ato solene para a concessão da Comenda será realizado às 19 horas, no plenário Ana Terra da Câmara Municipal (av. Loureiro da Silva, 255). De acordo com o proponente da homenagem, vereador Beto Moesch (PP), a premiação "é um reconhecimento pelo brilhante e abnegado trabalho desenvolvido pelos profissionais que contribuem com o Núcleo de Ecojornalistas, pois não oferecem à população apenas informação, mas também educação ambiental, atitude tão necessária à defesa do ambiente para as presentes e futuras gerações". 
Todos estão convidados a compareceram ao evento. 
Criado em 1990, o Núcleo de Ecojornalistas do Rio Grande do Sul é uma entidade sem fins lucrativos que tem por finalidade incentivar e qualificar a cobertura jornalística na questão ambiental no Estado. Entre suas atividades está a realização de cursos para jornalistas e estudantes, a elaboração de publicações e promoção de eventos para a difusão de saberes relevantes á preservação ambiental. 
O NEJ/RS é o responsável pela criação da EcoAgência Solidária de Notícias Ambientais, possui o programa de rádio Sintonia da Terra, que vai ao ar todas as quintas-feiras, a partir das 10h, na Rádio da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) e tem várias obras publicadas, entre as quais o livro Jornalismo Ambiental - Desafios e Reflexões. Entre os prêmios conquistados ao longo dessas duas décadas estão a Medalha Conservacionistas da Assembleia Legislativa do RS, em 1990; o Prêmio ARI de Jornalismo, em 1991; a medalha José Lutzenberger, em 2006, e o III Prêmio de Responsabilidade Ambiental, em 2007. 
Outra atividade do NEJ/RS é o projeto Terça Ecológica, que ocorre ininterruptamente desde 1994, reunindo mensalmente especialistas e jornalistas para debates abertos ao público. A Terça Ecológica ocorre sembre na primeira terça-feira do mês, a partir das 19h, no Instituto Goethe, em Porto Alegre. Também realiza cursos de Jornalismo Ambiental, entre outros eventos na mesma área.
Fonte: Gabinete do Vereador Beto Moesch
E-mail: betomoesch@camarapoa.rs.gov.br 
Site: www.betomoesch.com.br 

Um comentário:

Dilmar Gomes disse...

Parabéns merecido para a Nej.
Oxalá, um dia, num futuro próximo, a humanidade tome consciência de que a sobrevivência do homem na terra está condicionada à preservação do planeta.
Um abraço, parabéns.