domingo, 26 de dezembro de 2010

Alemães cercam armazém nuclear e protestam contra política governamental

Em Greifswald, no noroeste do país, cerca de 2 mil pessoas também foram às ruas protestar
Alemães cercam armazém nuclear e protestam contra política governamental 
Centenas de manifestantes antinucleares cercaram o armazém atômico de Ahaus, ao norte da Alemanha, para evitar a entrada ou saída de qualquer transporte, informaram os organizadores.
O governo germânico decidiu finalmente anular um polêmico envio de combustível nuclear do armazém para Mayak, nos Urais russos.
Os manifestantes disseram que 700 pessoas formam a cerca humana que rodeia o armazém atômico de Ahaus, enquanto a Polícia diminuiu para 500.
Há uma semana o ministro alemão do Meio Ambiente, o conservador Norbert Röttgen, ordenou a paralisação de um envio a Mayak com 951 peças de combustível nuclear procedentes das duas antigas centrais atômicas da extinta República Democrática da Alemanha (RDA), fechadas deste 1990.
 
Fonte: OperaMundi

Nenhum comentário: