domingo, 24 de outubro de 2010

Praça de Tapes: Reformas podem alterar ambiente, cultura e paisagem

 Registro sobre foto da década de 50
 Monumento que lembra o centenário da cidade de Tapes, em 1957. Hoje este monumento possui 53 anos, já devendo ser tombado patrimônio histórico
Outro monumento, este aos 10 mandamentos da fé cristã e evangélica, que precisa de reparos urgentes
Praça de Tapes: Reformas podem alterar ambiente, cultura e paisagem 
As obras de reforma da Praça Rui Barbosa, que são realizadas em doses homeopáticas, para que a população não observe grandes modificações, está mais uma vez cumprindo com seu papel de eliminar ícones e monumentos que estão à mercê de um projeto, que na Audiência Pública foi duramente contestada por dois cidadãos importantes da cidade, funcionários públicos que estão na contramão dos interesses do Governo na reforma de uma praça com valor histórico. 
Pitangas
Segundo um dos presentes, somente ele e outro colega se manifestaram contra a reforma da maneira proposta, quando mais de 60% da vegetação corre risco de ser derrubada, para dar lugar a uma praça seca. 
A vegetação da Praça Rui Barbosa, entre ornamentais e coníferas, possui em sua "floresta urbana" uma série de espécies frutíferas e importantes para a avi-fauna urbana e pequenos animais que vivem nos pátios dos moradores do centro da cidade.
Jaboticaba
Pesquisando sobre o assunto, encontro em Blogs regionais, matérias sobre a mais atual "reforma" feita na praça, com o intuito de servir de enfeite de natal para os próximos meses. 
Fazendo a leitura deste Blog, encontro a notícia de 22 de outubro de 2010, que trata do assunto em 2009, quando da audiência pública,  alegando ter havido aprovação "da eliminação do lago central, mas que o relógio de sol fosse preservado e encontrado nova localização para ele". 
Relógio destruído
Em 09 de outubro de 2010, um ano depois ele foi totalmente demolido e soterrado por terra para cobrir o local do antigo lago. 
O objetivo de transformar o lago da praça para o Natal, está dentro do projeto de revitalização da praça, que segundo o Blog é de autoria do Arquiteto Leonardo Câmara Canto, e conta com recursos federais, tendo sido submetido a uma consulta com a população na audiência publica ocorrida na câmara de vereadores no dia 23 de setembro de 2009, quando "previa a eliminação do lago artificial e a transferência do relógio para outro ponto da praça, onde contou praticamente com o apoio de todos os presentes", diz o articulista do Blog, quando desconhece a existência de duas vozes discordantes presentes, um conhecedor da história local e um ex-secretário de cultura da cidade de Tapes. 
Lago ocioso ou sem limpeza?
"Como o lago se encontrava desativado, optou-se por tornar este espaço ocioso em um canteiro de flores e também utilizá-lo para a ornamentação de Natal que este ano promete várias novidades", diz a matéria, mas observamos que na realidade o que faltava era o capricho necessário a manutenção da Praça, o que é também observado por outro ex-secretário municipal, este de turismo que avalia que as recuperações das vegetações e a abertura de luz solar no ambiente já são suficientes para melhorar o aspecto paisagístico e social que a Praça Central exerce nas comunidades. 
Falta de conservação na praça
Para ele, a recuperação do calçamento com o mesmo material de décadas atrás, teria melhor efeito e a conservação da vegetação uma necessidade.
Para muitas pessoas da comunidade, houve o privilégio ao veículo com os estacionamentos feitos "na reforma da Praça" e que os caminhos da praça Rui Barbosa se encontram em péssimas condições para os pedestres, sendo de urgência a recuperação do calçamento.
Fonte: REDE Os Verdes/Imagens: Júlio Wandam

3 comentários:

Aguiarcycles disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Aguiarcycles disse...

Realmente o sr. Tejada está transformando Tapes....., mudando o que pode para exercer o seu papel de construtor e loteador, destruindo o pouco que a cidade tem do valor histórico. Não entendo como a população tapense ainda aceita todas essas atitudes.

Marcus Vinicius Aguiar da Silva

Limas disse...

Olá. Alguém tem fotos do Relógio de sol ainda de pé para me fornecer, e sabe me informar quem idealizou e construiu o mesmo?
Obrigado.