segunda-feira, 31 de maio de 2010

Nasa registra manchas gigantes de fosforescência no norte do Atlântico

Nasa registra manchas gigantes de fosforescência no norte do Atlântico 
Água brilha por causa da presença de organismos microscópicos. Eles emitem luz de forma semelhante aos vaga-lumes.
Foto obtida pelo satélite MODIS, da Nasa, mostra manchas fosforescentes gigantes formadas pela alta concentração de fitoplâncton – organismos microscópicos que vivem no mar e que emitem luz, como os vaga-lumes. O fenômeno é conhecido como ardentia ou fosforescência-do-mar. Nesse caso, a área brilhante tem centenas de quilômetros. À direita, em sentido horário, é possível ver parte dos territórios da Irlanda, Reino Unido e França.
Foto: Nasa
Fonte: Pirata Virtual

Nenhum comentário: