terça-feira, 30 de março de 2010

Polêmicas e críticas não podem atrasar a imediata implementação do novo Programa Nacional de Direitos Humanos

Polêmicas e críticas não podem atrasar a imediata implementação do novo Programa Nacional de Direitos Humanos
Dignidade – Para a sociedade repensar seus valores
Pontos polêmicos e críticas não podem atrasar a imediata implementação do novo Programa Nacional de Direitos Humanos, “um documento indispensável para a consolidação da democracia brasileira”, diz Sérgio Adorno, do Núcleo de Estudos da Violência (NEV)Desde que foi lançada pela Secretaria Especial dos Direitos Humanos da Presidência da República, em 21 de dezembro de 2009, a terceira versão do Programa Nacional de Direitos Humanos (PNDH) desencadeou uma onda de protestos, desagradando aos militares e vários setores da sociedade civil, do empresariado às igrejas e ao setor rural.
Leia mais no ECODEBATE

Nenhum comentário: