quinta-feira, 29 de outubro de 2009

"Normose Nacional": Polícia Civil do Distrito Federal visita local do crime ambiental no Cerrado

Polícia Civil do Distrito Federal visita local do crime ambiental onde tratores estão destruindo o Cerrado e matando os índios. Proteste, envie e-mail ao Ministro do Meio Ambiente, Carlos Minc e peça ajuda ao Governo Federal antes que seja tarde demais...
e-mail: carlos.minc@mma.gov.br
Fonte: Santuário dos Pajés/via Youtube

11 comentários:

ESOPO1965 disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
ESOPO1965 disse...

A filmagem e reportagem ficaram boas.. mas foi infeliz quem postou este título. Está bem caracterizado o que os policiais foram fazer lá, as partes envolvidas dialogaram pacificamente.
Acredito que foi tendencioso este Título..
Se tem alguma coisa errada o melhor caminho meu amigo é primeiro procurar a corregedoria do MP, do GDF, do Ministério da Justiça, da PCDF,não querer manchar o trabalho de profissionais na área de segurança pública. Então.. meu conselho é mudar o título .. ai sim.. poderia aproveitar o seu trabalho e quem sabe ganhar algum prêmio de reportagem.

WASHINGTON P LIMA

REDE Os Verdes/RS disse...

Tens razão, mas o fato é que recebemos por e-mail esta mensagem, de que os "policias" foram lá atrás de um suposto "refém" o que não era o caso, e se você procurar nos Canal do Youtube, verá que a mensagem do vídeo diz extamanete o que eles foram fazer lá - dar cobertura a obra e procurar o tal refém que não existia. Iremos seguir seu conselho, mas o que preocupa é vcoê não saber que vários órgãos foram avisados bem antes do início das obras de que haveria um crime ambiental e o sumiço de um cacique, provavelmente morto pelo "desenvolvimentistas". Agradeço sua colaboração!

Venilton disse...

Realmente, o título do post e a forma com que o texto foi escrito, é uma grande injustiça com a Polícia Civil do DF. Proteger poderosos? Quem são esses poderosos? Quem é que está denunciando isso? Há alguma prova que valide esse comentário? O internauta Washington tem razão, essa postagem foi infeliz e tendenciosa. Que pena.

REDE Os Verdes/RS disse...

Pois é Vanilton, mas infelizmente sabemos o que eles foram fazer lá. proteger a obra (dos poderosos) e amedrontar os indios com metralhadoras (intimidação) afim de cumprir com uma denúncia. Você deveria perguntar se houve de parte da polícia algum tipo de ação para coibir o crime ambiental e sobre a morte ou desaparecimento do Indio Cacique Korubo. Você está preocupado com a "injustiça"! com policiais e não teceu uma virgula em defesa da minoria e pacifica dos indios. Então sabemos de que lado estás, não é? Pois bem, iremos retirar a chamada e continuará os desmandos por lá, sem que policia ou judiciário faça algo para imepedir a agressão aos indios e a natureza.

REDE Os Verdes/RS disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
veniltonsiqueira disse...

Pela forma como argumentas, também deixas claro que não és neutro (nem justo), pois também escolhestes um lado. Sequer cogita olhar pra outro lado, já que teu olhar está fixo num único ponto. Mas entendo isso perfeitamente, já que todos somos livres em nossas opções e crenças. O novo título do post ficou melhor, pois agora diz a verdade, exceto pelo termo "Vergonha Nacional", parece que essas palavras estão fora do contexto, não acha? Pense comigo: o que há de vergonhoso no fato da polícia visitar o local do crime? Para não criar polêmicas, vou parar por aqui e nem vou comentar sobre "os índios". Tudo de bom!

REDE Os Verdes/RS disse...

Então Tá Vanilton, colocamos o que "Normose Nacional?" pode ser, pois isto é normal em qualquer estado da Amazônia, do cerrado, no Pantanal, o Estado e suas forças policiais, seja de qual for a esfera para ou proteger patrimônios ou pessoas "de bem". No caso patrimônio ambiental e a vida dos índios (pessoas) é que deveria estar sendo protegida, mas eles são contra o progresso, não é mesmo. Mudaremos de novo, a teu pedido, mas colocamos o que, ou retiramos a palavra Vergonha e colocamos o que? Sobre parcialidade, deverias pedir para as Redes de TV, Jornais, Rádios que só falam o que lhes pagam. Aqui agimos na defesa daqueles que estão sem VOZ! Saudações!

ESOPO1965 disse...

Só para deixar claro...
Não sou a favor do Setor Noroeste...
Deveria o Governo Local deixar a área como está, área de preservação do cerrado, mas sabemos que o poder capitalista atropela tudo que está a sua frente...... e no fim: para toda causa haverá um efeito.
O título ficou bem melhor.. Parabéns ao redator.

Agora vamos falar de crime ambiental.
Não adianta somente se mobilizar em blog, cartazes, piquetes contra este poder capitalista. Alguém tem notícia que deram entrada no Judiciário pedindo o embargo das obras??
Alguém tem noticia que registraram uma ocorrência na Delegacia do Meio Ambiente??
Alguém tem noticia que registraram uma ocorrência de Desaparecimento de Pessoa, no caso o índio em questão??
A Polícia trabalha com ocorrências registradas ou denúncias anônimas e o Judiciário só pode se manifestar quando é provocado. No caso da Polícia poderiam dizer que havia um crime e o pessoal estava em flagrante delito, mas as obras ali foram autorizadas pelo Governo Local, que com certeza houve autorização da Agência Local para início das obras, então não se haveria de falar em flagrante delito.
Agora outro poder que tem que se manifestar também quando é acionado é o Ministério Público.. Alguém tem notícia que deram entrada em algum documento no MPDFT informando das irregularidades nas obras e do desaparecimento do índio??

Cabê ao Ministério Público fiscalizar e promover ações e questionamentos dos andamentos das investigações quer contra o meio ambiente, quer com referência ao meio ambiente.
Então, sugiro, caso já não tenham feito:
Que dêem entrada no Judiciário para embargar a obra, que façam uma ocorrência ou alguém acompanhe a ocorrência na Delegacia da área de desaparecimento de pessoa, que dêem entrada no Ministério Público local para acompanhar as irregularidades manifestadas.

Bom caso já tenham feito tudo que questionei, resta postar no blog aqui seus andamentos, bem como uma nova reportagem e ai sim um título que diga que OS PODEROSOS ESTÃO ACIMA DA LEI.

Abcs
WASHINGTON

ESOPO1965 disse...

Verifiquei no http://santuariodospajes.blogspot.com/ que o Ministério Público Federal já se manisfestou, quanto a licença e determinou uma demarcação de terra para os indigenas locais.

Outra pergunta:

Alguém sabe dizer se há algum Deputado Federal ou Local do Partido Verde, ou outro, que ese manisfestou e pediu providências em plenário na Câmara dos Deputados ou na Câmara Distrital???

São questões que devemos deixar respondidas aqui neste espaço para que no futuro todos saibam que todas as autoridades tinham conhecimento e ninguém ficar empurrando com a barriga um para o outro, como se dissesse toma que o filho é seu.

FATOS: QUEDAS DE ENERGIAS e ÁGUA POTÁVEL. Do jeito que vai, Brasília terá racionamento de água por bairros como acontece nos Estados do Nordeste, e as quedas de energia continuarão periodicamente.


abçs
WASHNGTON

REDE Os Verdes/RS disse...

Olá Washington, muito pertinentes teus questionamentos, mas acredito que os ativistas do Movimento Cerrado Vivo tenham feito todas as denúncias possíveis, mas como bem frisaste "os poderosos estão acima da lei" sempre, em qualquer canto deste país, e as leis elas foram feitas, no entendimento deles, para serem burladas. Infelizmente, tenho que concordar contigo que várias ações dos ativistas não dão em nada por falta de uma estratégia que possa cercar os erros destes empreendimentos e evitar tais situações. Os indigenas e os defensores do ambiente não tem um conhecimento pleno do que fazer, e então as barbaridades ocorrem em todos os âmbitos da vida brasieira. Sobre o PV e seus representantes, pessoalmente me encarreguei de enviar para todos os deputados a postagem que circulou pelas REDES. Bom, o que posso te garantir é que tal assunto, após entrarmos em nossa REDE com milhares de simpatizantes em todo o país e fora dele, é que funciona para chamar a atenção ao fato e trazermos a tona o que ocorre. A surpresa fica por conta de não entendermos os motivos para isso, visto existirem provas e demais argumentos contrários desde o dia do lançamento deste empreendimento. Aqui no sul, considerado como o berço do ambientalismo, derrubam florestas natuvas para darem lugar a florestas de eucaliptos. Mobilizamos todos os órgãos possíveis, mas infelizmente como disse antes, acaba que a Justiça ou órgãos e pessoas comprometidas com o tal "desenvolvimentismo", burlando as leis, e permitindo a destruição de mananciais de natureza que deveriam se manter intocados. Agradeço suas intervenções, e ao Vanilton também, pois é assim que entendemos seja feita a democracia. Suas ponderações sobre o título estiveram na mão de 10 avaliadores/censores de nosso Movimento que analisaram e entenderam pela mudança do título, afim de que nossos leitores sempre tenham a notícia sem o sensacionalismo normal de redes de TV, Rádio e Jornal que o fazem para vender seus meios de mídia. No nosso caso, atentemos o pedido de socorro vindo daí, pois fazemos parte de uma grande REDE com entidades eativistas espalhados em todo o Brasil e fora dele. Observe na barra lateral as nossas REDES de entidades e de ONGs de comunicação ambiental que participamos e apoiamos. Abraços e Obrigado por suas visitas!