quinta-feira, 15 de outubro de 2009

Câmara instala comissão do Código Florestal sob protestos do Partido Verde e PSOL

Câmara instala comissão do Código Florestal sob protestos do Partido Verde e PSol
Sob protestos do PV e do PSol, os deputados da bancada ruralista conseguiram eleger nesta quarta-feira, 14, a presidência da Comissão Especial que vai analisar as propostas de mudanças no Código Florestal e indicar a relatoria. Em um acordo firmado com o PT, com o aval do governo, os ruralistas vão comandar os trabalhos na comissão onde também são maioria em sua composição. "O PT e o governo fazem teatro quando anunciam metas para apresentar em Copenhaguen e aqui permitem que sua maioria na Câmara dos Deputados legitime os ruralistas na condução das discussões do Código Florestal.
O governo terá que bancar a responsabilidade do que será feito aqui" disse o líder do PV, deputado Edson Duarte (BA), "essa comissão não nos representa, querem criar um código ambiental ruralista" protestou. Os verdes conseguiram impedir por três vezes a eleição da presidência na tentativa de compor uma comissão equilibrada e de chamar atenção do presidente Michel Temer e do governo sobre os riscos para a legislação ambiental brasileira. "Alguém que lidera o movimento ruralista devia se sentir impedido de presidir essa comissão que trata da legislação ambiental brasileira, o setor ruralista tem total hegemonia" argumentou o líder do Psol, deputado Ivan Valente (SP).
Os Verdes, vão continuar atuando nas discussões do Código florestal e tentar evitar em plenário o "tratoraço da legislação ambiental", sob o risco da bancada ruralista derrubar conquistas ambientais importantes para o Brasil. "Nossa esperança agora é a sociedade possa se manifestar" declarou Edson Duarte. A eleição teve 18 votos válidos, dois foram nulos e um em branco. A Comissão será presidida pelo deputado Moacir Micheletto (PMDB-PR), e terá como vice-presidentes: Anselmo de Jesus (PT-RO), Homero Pereira (PPS-MT) e Nilson Pinto (PSDB-PA).
O relator será o deputado Aldo Rebelo (PCdoB-SP)
Fonte: Bancada do Partido Verde

Nenhum comentário: