terça-feira, 18 de agosto de 2009

Plano para esverdear os ônibus

Imagem: Portal do Meio Ambiente
Secretaria do Meio Ambiente, Marilene Ramos, cola o adesivo do Selo Verde em um ônibus durante o lançamento da campanha, na Lagoa (RJ)
Plano para esverdear os ônibus
Por Felipe Lobo
Quem tem que pegar ônibus urbano no Rio de Janeiro sabe como soa improvável que haja alguém preocupado em melhorar o sistema de transportes. Só na Avenida Rio Branco, a principal do centro, passam 85 linhas de coletivos diferentes todos os dias. Muitos deles velhos e barulhentos. A cidade, plana na maioria dos bairros, restringe suas ciclovias a poucos quilômetros das zonas mais nobres.
E isso, somado aos investimentos pífios no transporte subterrâneo, transforma a cidade de maravilhosa a caótica neste quesito. Por trás de uma realidade dessas, é surpreendente saber que a Federação das Empresas de Transportes de Passageiros do Estado do Rio de Janeiro (Fetranspor) esteja se engajando em programas ambientais.
Mas está. Desde 2007, tenta implantar oito ações para que, em cinco anos, reduza em 24% as emissões de gases estufa da frota de ônibus.

Nenhum comentário: